Cosmiatria: Dicas para o Cabelo

 

O cabelo pode perder seu aspecto saudável por diversos motivos. Para simplificarmos, vamos nos limitar a duas: causas internas, tais como alterações nutricionais, manifestações genéticas, irregularidades hormonais e inflamações no couro cabeludo. Ou as causas externas, que abordaremos aqui neste tópico com várias dicas para o cabelo.

O cabelo que vemos e tocamos é basicamente um fio constituído pela proteína queratina, formado por camadas lamelares (escamas) superpostas e com uma medula (canal) central. A parte viva do cabelo encontra-se dentro do couro cabeludo. A parte externa, a haste capilar, é o que chamamos de cabelo. Ele pode sofre agressões no dia-a-dia, como o sol, a água do mar, a química das piscinas, vento, poluição, ar condicionado, e variações de umidade no ar.Mas as maiores agressões são causadas por nós mesmos, ao pentearmos os cabelos, passar as mãos com resíduos nos fios, sejam cremes ou mesmo suor, também produtos para pentear e finalmente ao realizar tratamentos químicos, sejam colorações, relaxamentos, escovas dos mais variados tipos e, principalmente, tudo isso associado. Não chega a ser surpresa que o cabelo sofra com isso tudo, e quanto mais comprido, com crescimento mais lento e mais fino, maior será o dano. Veja algumas dicas para o cabelo:

Limpeza

Existem diversos tipos de shampoos. Os de linhas profissionais apresentam uma diversidade de opções, com ações específicas. Primeiro, temos variados graus de limpeza. Os de limpeza profunda têm fórmula alcalina e devem ser obrigatoriamente neutralizados logo em seguida para “fechar as escamas” do cabelo; os desembaraçantes têm formulação mais ácida, dando maior brilho ao cabelo; alguns shampoos são específicos para cabelos finos, ressecados ou quimicamente tratados; outros prolongam a duração da coloração; existem ainda produtos desenvolvidos especificamente para problemas do couro cabeludo, como irritações, dermatite seborreica (caspa), pele sensível, ressecada ou oleosa; por fim, os ativadores de cachos e os que promovem relaxamento temporário, melhorando o aspecto frizado do cabelo.

Os shampoos infantis, que não ardem nos olhos e são delicados, por exemplo, não são bons para desembaraçar os cabelos, nem tratar cabelos ressecados, pois apresentam pH neutro e baixo poder de hidratação, enquanto os indicados para o cabelo normal possuem leve acidez. Uma dica para os cabelos é que tratamentos combinados podem ser necessários: pois o cabelo geralmente apresenta-se íntegro próximo à raiz e progressivamente danificado quanto mais perto da ponta.

Condicionamento

A finalidade dos condicionadores é restabelecer o manto hidro-lipídico (camada lubrificante) que recobre naturalmente o fio, e que pode ter sido retirado pelo shampoo. Esse manto protege e lubrifica, mantendo a flexibilidade e a elasticidade naturais. Como regra, o condicionador é só para uso capilar, ou seja, não deve ser aplicado no couro cabeludo. Dica para os cabelos: o condionador deve ser leve ou moderadamente ácido, para um efeito mais ou menos desembaraçante. Temos condicionadores “hidratantes” para cabelos ressecados, “reestruturantes” para cabelos porosos e “formulações combinadas” para todos os tipos de cabelo. As máscaras capilares são para uso semanal e, portanto, mais potentes. Entretanto, necessitam de maior tempo de atuação e uma fonte adicional de calor e umidade, que aumentam sua penetração no fio. Temos condicionadores de ação rápida, ótimo para homens e pessoas práticas e outros para couro cabeludo com irritações. Ao enxaguarmos os cabelos, o ideal é remover os condicionadores completamente, dando atenção ao couro cabeludo (resíduos podem ocasionar caspa). Recomendamos enxaguar com água morna pra fria, para que o manto hidrolipídico não seja removido. Quando é feita uma hidratação profunda por um especialista existe uma seqüência: deve-se “abrir” a cutícula e promover uma limpeza profunda, retirando todos os resíduos. Depois vem a hidratação intensa e, por fim, a finalização para restaurar a acidez normal e fechar a cutícula.

Um condicionador muito hidratante utilizado num cabelo fino pode deixá-lo pesado, com aspecto de sujo. O mesmo vale para um condicionador leve, de uso diário, mas que será insuficiente num cabelo muito danificado. O importante não é apenas usar um bom produto, mas também que seja adequado ao seu tipo de cabelo. Um especialista poderá orientá-lo na escolha e dar dicas para o cabelo mais específicas para o seu tipo de cabelo.

Produtos finalizadores

Logo após o banho, fica fácil pentear o cabelo. Mas esse penteado pode durar pouco. Logo que secar, o cabelo pode ficar com aspecto arrepiado, frisado, ressecado, ondulado, sem volume, ou apenas desarrumado. Para que isso não aconteça, existem os produtos finalizadores. Há diversos tipos. Alguns exemplos em nossas dicas para o cabelo:

Leave-in

  • Hidratantes – Ajudam a condicionar o cabelo ressecado, sem dar aquele aspecto pesado ou oleoso.
  • Relaxadores – São linhas anti-frizz (evitam o aspecto eletrificado ou espigado) que relaxam temporariamente o ondulado deixando o cabelo mais dócil e “penteável”.
  • Ativadores de cacho – São o oposto, geralmente usados quando se quer cachear cabelos pouco ondulados ou em cabelos crespos sem cachos bem definidos. Super dica para o cabelo.

Fixadores

É a versão nova do consagrado spray de cabelo. Existem vários tipos que vão da fixação bem suave até o “congelamento” do cabelo. Há opções com maior brilho, em cera e outras com efeito anti-frizz, que mantém a duração da escova repelindo a umidade.

Modeladores

Mantêm o penteado, podendo ter efeito hidratante e termo-protetor, para serem usados antes da escova ou em penteados estruturados, como o baby-liss. A função principal é manter o penteado, mas com um aspecto de movimento e flexibilidade. Dicas para o cabelo: existem ainda modeladores que aumentam o volume do cabelo, indicados para cabelos finos.

Ceras

São para um penteado mais dramático. As ceras encorpam o fio de cabelo e têm acabamento mate. As em pasta são para um penteado bem moderno e estruturado, nada discreto. As ceras em spray são mais discretas, fixando bem. São indicadas para cabelos curtos e esportivos. São mais difíceis de remover na lavagem.

Protetores

Dica para o cabelo importantíssima:

  • Solar – Protegem o cabelo do sol, sal e do vento. Indicado para exposição prolongada ou para cabelos com química.
  • Térmico – Protegem o cabelo do calor e devem ser utilizados antes de escova, prancha térmica (chapinha) ou penteados que usem calor intenso. Embora protejam, não evitam completamente os danos.

Formas de Atendimento:

+55 11 3889-7356

Email: faleconosco@cabelo.med.br

ou

Clique aqui e envie uma mensagem