Transplante Capilar

TRANSPLANTE CAPILAR

RESTAURE SUA IDENTIDADE

O foco do transplante capilar é restaurar a identidade de cada paciente, devolvendo o equilíbrio facial, jovialidade e autoestima. Portanto, o transplante capilar precisa ‘copiar’ a natureza, por isso é importante que o médico tenha conhecimento técnico e sensibilidade artística para restaurar as características de cada paciente.

A naturalidade do transplante capilar depende do equilíbrio entre técnica e arte.

COMO É FEITO O TRANSPLANTE CAPILAR?

O transplante capilar utiliza o cabelo do próprio paciente, logo não há risco de rejeição. Nós retiramos os fios da área doadora (região posterior da cabeça) e depois transplantamos para a região calva.

Como é um procedimento minimamente invasivo, usamos anestesia local e uma leve sedação para que o paciente não sinta o tempo passar: precisamos de 8-10 horas para realizar o transplante capilar. Leva tanto tempo assim, porque cada ‘fio’ (unidade folicular) é ‘plantado’ individualmente, dessa forma o médico consegue reproduzir a formação natural do cabelo, recriando os ângulos inclinados, redemoinhos e as diferenças na densidade de acordo com cada região.

TÉCNICAS UTILIZADAS

Nosso cabelo é formado por milhares de folículos capilares que naturalmente, nascem agrupados. Cada grupo é uma unidade folicular (UF) e pode conter de 1 a 4 fios. São essas unidades foliculares que utilizamos no transplante capilar para que ele fique natural.

As unidades foliculares podem ser retiradas por duas técnicas: a FUT e a FUE (manual ou robótica):
FUT- a sigla vem do inglês, Follicular Unit Transplantation, é o transplante da unidade folicular. As UFs são colhidas por meio de uma incisão linear na área doadora, seguida de Sutura Tricofítica (que não deixa marca aparente pois camufla a linha cicatricial). Nessa técnica de transplante capilar, as unidades foliculares são separadas pela equipe médica que utiliza microscópios ultramodernos com visão 3D.

O transplante capilar FUT obtém um aproveitamento maior da área doadora, ideal para transplantes capilares que necessitem de 3.000 UFs ou mais por sessão e pacientes com menos de 30 anos.

FUE- a sigla também vem do inglês, Follicular Unit Extraction, que é a extração da unidade folicular. Essa técnica não precisa de sutura, já que as unidades foliculares são retiradas individualmente por meio de uma micro incisão circular. A recuperação do paciente que opta pelo transplante capilar FUE é em 1 semana, porém ela é mais indicada para pacientes que necessitem de sessões menores (até 2.500 UFs), que não tenham elasticidade suficiente para realizar a técnica FUT ou para atletas/ esportistas.
O transplante capilar FUE pode ser realizado manualmente ou com auxílio do robô Artas.

A recuperação, em ambas técnicas, costuma não trazer desconfortos ou dores nem marcas visíveis: a sutura e as micro-incisões ficam extremamente discretas e até mesmo invisíveis na maior parte dos casos.

TABELA COMPARATIVA

NATURALIDADE

É essencial que o médico tenha olhar artístico para reproduzir o aspecto mais legítimo do cabelo: a desordem elegante dos milhares de fios. O cabelo não nasce em uma linha reta certinha e delimitada, ele tem suas suaves irregularidades tanto no desenho quanto na densidade.

As UFs são transplantadas uma-a-uma pelo médico, que vai criando uma escultura capilar única, respeitando a expectativa e o objeto de cada paciente. Trabalho técnico, artesanal e sutil que recria todos os aspectos natos do cabelo de cada paciente: direção e angulação dos fios, variações de densidade e volume e, sobretudo, uma distribuição natural do cabelo respeitando as características faciais de cada paciente. Nenhum transplante capilar será igual ao outro.

DENSIDADE DO TRANSPLANTE

Restaurar o volume natural do cabelo é um dos objetivos principais do transplante capilar. O volume final não depende apenas do número total de fios transplantados, mas também do tamanho da área calva e características do fio (coloração e calibre).

A explicação é matemática: um cabelo (sem calvície ou doenças) contém de 70 a 100 UF/cm2. Mas, surpreendentemente, com pouco mais da metade dessa densidade já é possível criar a ilusão de um cabelo cheio. Em média, podemos dizer que 30-50 UF/cm2 conseguem criar a desejada ilusão de um cabelo cheio. Mas, um ponto que deve ser considerado é o calibre do cabelo: quanto mais grosso, uma menor densidade será necessária para criar o volume desejado. Já o cabelo fino torna necessária uma maior quantidade de UFs, visto que o volume criado por cada fio é menor. No caso dos cabelos finos, densidades maiores (60 UF/cm2) serão necessárias. Essa ilusão de volume é o que chamamos de densidade cosmética, que é diferente da densidade real natural (o cabelo original) mas que cria um aspecto muito satisfatório.

Para melhor ilustrar, temos a calculadora capilar que pode simular a quantidade de fios que você precisaria para o seu transplante capilar.

RECUPERAÇÃO DE RESULTADOS

Após o transplante capilar não é necessário usar bandagens e o paciente volta para casa no mesmo dia. O pré-transplante não exige grandes cuidados e o pós-transplante é muito tranquilo (veja Guia do Paciente)O retorno ao trabalho já estará liberado no segundo dia, desde que não exija grande esforço físico. Alguns cuidados rotineiros serão necessários, mas nada que interfira na rotina normal do paciente. O aspecto no pós é bem discreto desde o início. Em geral, cinco dias são suficientes para que sua aparência não comprometa os negócios e um aspecto  extremamente discreto é obtido geralmente entre sete a dez dias após o procedimento, quando o transplante capilar já passa despercebido.  Na técnica FUE por não haver sutura, a cicatrização das micro-incisões ocorre em 1 semana, quando o visual já fica totalmente discreto.

O CREMESP (Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo) considera propaganda abusiva qualquer veiculação, por parte do médico ou clínica, imagens com resultados do transplante capilar, vídeos com antes e depois dos resultados do transplante capilar. Portanto, em respeito ao art. 104 do Código de Ética Médica, não divulgamos nossos resultados do transplante capilar, nem de dos nossos tratamentos capilares.

Contudo, o Tykocinski Restauração Capilar é recomendado pelos maiores sites internacionais a respeito de tratamento e transplante capilar, onde podemos conhecer mais afundo o trabalho do dr. Arthur Tykocinski no Brasil e no mundo.

O CREMESP (Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo) considera propaganda abusiva qualquer veiculação, por parte do médico ou clínica, imagens com resultados do transplante capilar, vídeos com antes e depois dos resultados do transplante capilar. Portanto, em respeito ao art. 104 do Código de Ética Médica, não divulgamos nossos resultados do transplante capilar, nem de dos nossos tratamentos capilares.

Contudo, o Tykocinski Restauração Capilar é recomendado pelos maiores sites internacionais a respeito de tratamento e transplante capilar, onde podemos conhecer mais afundo o trabalho do dr. Arthur Tykocinski no Brasil e no mundo.

 

INDICAÇÕES INTERNACIONAIS